• Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • YouTube - círculo cinza

Programa de Prevenção

1

Oficinas:

#VivaJuntos: formando protagonistas juvenis. O projeto propõe a realização de uma série de oficinas de formação em Direitos Humanos e Socioambientais e Juventude, atendendo diretamente, no primeiro semestre, em torno de 200 alunos do 1º ano do ensino médio do Colégio Estadual Vila de Abrantes. Um grupo menor destes faz cursos de arte educação (grafite, fotografia, poesia, etc.). Outras 1.600 pessoas poderão conhecer sobre os temas através das exposições que são realizadas no final do projeto em escolas e praça públicas, shoppings e outros lugares de grande circulação.

Nossa sede está de portas abertas para comunidade de Vila de Abrantes.

Se você tem entre 12 e 24 anos, temos atividades incríveis acontecendo por aqui.

Para pais e adultos, a agenda também está cheia. 

Faça parte dessa família!

2

Grupo Vila Jovem:

Neste projeto são oferecidos oficinas e cursos (com direcionamento de um produto final ligado a comunidade. Ex: fotografia, vídeo, material impresso, etc), para o fortalecimento da autonomia e protagonismo de jovens da comunidade. Recebemos jovens de 12 a 24 anos.

3

Teatro:

Formado por 20 jovens da comunidade de Vila de Abrantes e Adjacências, o grupo está engajado num projeto que leva ao palco encenações do espetáculo In dependência, com entrada gratuita e censura para menores de 12 anos. A peça, com texto de autoria dos 20 atores que formam o grupo, trata sobre violência, racismo, homofobia e desestruturas familiares, sob a direção e pesquisa da professora Simone Requião. 

CITAÇÕES
OFICINAS SALA DE AULA

“O que mais me tocou assim foi sobre a discriminação racial... não é a cor de alguém o lugar que ela vive, a religião dela que vai diferenciar ela de eu e você, creio que somos todos iguais e temos os mesmos direitos e devemos amar uns aos outros. Eu aprendi  bastante como é lidar com o preconceito racial , o racismo assim  a discriminação da cor, ele explicou um negócio assim que tocou muito, e eu não sei explicar...”

Plateia da peça (In) dependência

“Minha mãe é bem rígida com a questão de religião... e foi com a simplicidade que convenci [ela] a assistir à peça e ela ficou maravilhada, pois ela sentiu em cada cena a verdade sendo transpassada, porque todos (personagens) puderam tocar nela e trazer uma lembrança do passado ou um acontecimento presente do dia a dia. Aquele tabu da religião havia caído diante dos meus olhos e dos pensamentos dela... [entendemos que] família perfeita não existe e quem tenta viver de perfeição sofre.”
 

CONHEÇA NOSSO REFERENCIAL TEÓRICO DOS PROJETOS!

4

Pais:

Oficinas, encontros, roda de conversa com pais das creches comunitárias, escolas públicas ou de alguma demanda específica. Dialogando sobre temas diversos, que sobretudo aproximem os vínculos de pais e filhos.

5

Comunidade – AGENDA ABERTA

Encontro mediado por diversos profissionais, que podem ser da equipe multiprofissional da organização ou outro convidado - das universidades e faculdades, professores ou estudiosos - com o objetivo de aproximar a comunidade a temas acadêmicos de forma simples e linguagem compreensível. De maneira que todas as pessoas tenham acesso a informações e saibam usa-las a favor de suas vidas e de sua comunidade. Dando prioridade a participação da rede local.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now